O que é Planejamento tributário e como fazê-lo corretamente

O que é Planejamento tributário e como fazê-lo corretamente
5 (100%) 12 votes

Por trás do surgimento de toda e qualquer micro e pequena empresa, há sempre a expectativa de um negócio que irá mudar a dinâmica do mercado e oferecer produtos ou serviços mais flexíveis e eficientes. Contudo, muitos empreendedores desconhecem a importância do planejamento tributário para empresas.

Empresas que não investem em um planejamento tributário consistente e equilibrado e ignoram suas obrigações fiscais, se tornam vulneráveis a diversos fatores que podem levá-las à inadimplência e, posteriormente, à falência.

O planejamento fiscal e tributário consiste em uma série de sistemas legais que podem reduzir os custos dos tributos e impostos para empresas de pequeno, médio e grande porte.

Nos próximos parágrafos, vamos entender melhor o conceito de planejamento tributário, como fazê-lo, suas vantagens para micro e pequenos empreendedores que queiram desenvolver um planejamento tributário na prática. Continue acompanhando!

 

Conceito de planejamento tributário

O Planejamento tributário consiste na gestão tributária do pagamento de tributos/impostos para uma empresa, seja ela de pequeno porte, como um startup ou de grande porte, como uma multinacional consolidada no mercado.

Da mesma forma que o empreendedor faz a gestão do seu estoque interno, mantendo seus recursos operacionais em constante movimento para manter todos os setores do seu empreendimento em perfeito funcionamento, deve-se dar a mesma atenção para o planejamento fiscal e tributário.

 

Como fazer um planejamento tributário eficiente e eficaz

Como toda estratégia empresarial, o primeiro passo para começar uma gestão de tributos equilibrada e planejamento tributário está na organização da sua equipe contábil.

Responsável por cuidar das finanças empresariais do seu negócio, este corpo de funcionários ficará incumbido por escriturar as operações da empresa, além do pagamento de impostos até as datas de vencimento pré-estabelecidas.

Como cada empresa se enquadra em um determinado e específico ramo de atuação (segmento de mercado, número de funcionários, entre outros fatores), é importante escolher o regime tributário mais adequado às suas necessidades para facilitar o planejamento tributário do seu negócio.

Destinado exclusivamente para micro e pequenas empresas, o Simples Nacional, por exemplo, é um regime tributário diferenciado em que apenas empreendimentos com até 3.6 milhões de reais se enquadram. Acredita-se que a partir de 2018 essa cifra será de 4.8 milhões, incluindo uma maior quantidade de pequenos negócios.

Ao facilitar e simplificar o recolhimento de todos os tributos federais, estaduais e municipais em uma única guia, o regime tributário simples nacional torna o cumprimento das obrigações trabalhistas e previdenciárias menos burocrático e descomplicado.

Se o Simples Nacional se destaca pela sua atuação simples e de fácil implementação, facilitando o planejamento fiscal e tributário do micro e pequeno empresário, o Lucro Real, outra forma de regime tributário, ainda opera com uma burocracia fiscal  que torna o seu uso menos vantajoso e mais caro para o microempreendedor.

Mesmo se mostrando uma forma de tributação mais justa por considerar a incidência do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) sobre os os resultados efetivos da empresa em questão, isto é, receitas menos despesas, o Lucro Real exige um maior controle e acompanhamento fiscais e contábeis que podem torná-lo lento e oneroso para o micro e pequeno empreendedor.

Portanto, o Simples Nacional se revela como uma melhor opção para o microempresário que deseja fazer um planejamento tributário para o seu negócio de forma rápida e descomplicada, com um regime tributário que preza, acima de tudo, pela simplificação dos seus processos contábeis e fiscais.

 

Quais as vantagens do planejamento tributário

A partir do planejamento tributário, o micro e pequeno empreendedor se mantém em dia com suas obrigações fiscais e tributárias com o fisco, encarregado pela cobrança de impostos.

Dentre as principais vantagens presentes tanto na gestão tributária quanto no planejamento fiscal, podemos citar:

 

  • Menor incidência de imposto

A medida que o planejamento fiscal e tributário se torna mais claro para o microempreendedor, fazendo parte da sua rotina diária, maiores são as chances dele evitar a incidência excessiva de tributos sobre seu negócio.

Com base no seu histórico tributário e financeiro, além de outros elementos, como despesas, margem de lucro e expectativa de faturamento, o microempresário se torna apto para fazer uma gestão empresarial mais equilibrada e competente.

 

  • Maior competitividade frente aos concorrentes no mercado

Saber quais são os passos para fazer um planejamento tributário tende a posicionar seu micro empreendimento em um patamar mais elevado em relação aos seus concorrentes diretos e indiretos.

Como poucos possuem esta vantagem competitiva que a gestão de tributos e o planejamento fiscal podem oferecer, com certeza seu faturamento mensal e anual será beneficiado pela economia feita anteriormente, durante seus primeiros passos para equilibrar suas finanças empresariais.

Como o planejamento tributário em dia, seu micro e pequeno negócio estará em melhores condições para crescer e dominar o seu segmento de atuação, sem que haja a necessidade de burlar as leis tributárias com métodos de sonegação fiscal, como a evasão fiscal.

 

  • Maior aproveitamento de incentivos fiscais para empresas

Concedidos pela administração pública para algumas empresas que aderiram ao lucro real, os incentivos fiscais são benefícios dados através de descontos, isenções e compensações para alívio da carga tributária.

A partir destes tipos de incentivos fiscais para empresas é possível tornar o seu micro e pequeno negócio mais rentável e produtivo a médio e longo prazo. Desse modo, o planejamento tributário auxilia o empresário a otimizar seus processos e eliminar possíveis entraves para o crescimento da sua empresa.

 

Um planejamento fiscal e tributário quando bem feito proporciona um maior equilíbrio para as contas de qualquer negócio, seja ele de pequeno, médio ou grande porte.

O efeito da gestão de tributos em conjunto com o planejamento tributário para empresas tende a criar um ambiente mais equilibrado e propício para o aumento da produtividade e crescimento do micro empreendimento como um todo.

Agora você aprendeu como fazer um planejamento tributário para a sua empresa e equilibrar suas finanças empresariais com uma gestão tributária eficiente. Deseja saber mais sobre o que a Rapidoo pode fazer pelo seu negócio? Assine nossa newsletter e não perca nenhuma novidade.

Rodrigo Friano O que é Planejamento tributário e como fazê-lo corretamente