Como minimizar custos logísticos em 5 passos

Como minimizar custos logísticos em 5 passos
5 (100%) 14 votes

Em tempos de crise, diminuir os custos logísticos pode fazer uma enorme diferença para a saúde financeira da sua empresa. Como você sabe, a logística é responsável por alguns dos seus maiores gastos e, muitas vezes, a própria falta de planejamento ou de conhecimento de sistemas, pode leva-lo a desperdiçar recursos.

Por isso, está na hora de pensar estrategicamente. Se a sua logística custa mais do que deveria, que tal começar a trabalhar para otimizar os processos? Veja, abaixo, 5 passos que podem ajuda-lo a diminuir custos logísticos:

1. Invista em tecnologia

A tecnologia evoluiu tanto nos últimos anos que, hoje em dia, praticamente qualquer processo pode ser conduzido sem a necessidade de ser operacionalizado por funcionários.

O problema é que investir na automatização de processos demanda uma quantia considerável no início e muitos gestores acabam não aderindo à ideia.

Mas, pensando a longo prazo, a tecnologia só traz vantagens. Além de baratear processos rotineiros, você ainda libera os funcionários para trabalhar em projetos estratégicos, que podem trazer ganhos organizacionais.

Uma vertente da tecnologia que pode ser explorada é a adoção de sistemas de gestão e de estoque, que podem minimizar erros e aumentar a eficiência operacional. Outra sistema interessante poderia ser uma plataforma como a da Intelipost, que deixa você rastrear seus pedidos e calcular os fretes para sempre usar a transportadora com o melhor custo.

O mesmo vale para os apps especializados em gestão financeira. Neste último caso, você ganha um importante aliado para fazer a sua gestão de fluxo de caixa, controlando melhor as receitas e despesas e obtendo uma maior margem de lucro a partir disso. 

2. Tenha veículos próprios

Há muito tempo as empresas descobriram que a terceirização de frotas é o melhor caminho para a eficiência das entregas. E de fato é.

Mas isso não impede que você tenha pelo menos dois veículos próprios para agilizar entregas menores e em lugares mais próximos. Além disso, em caso de eventuais faltas das transportadoras, você não corre o risco de deixar o cliente na mão.

3. Planeje o estoque

O estoque é um item fundamental das empresas. Bem planejado, ele pode ser capaz de suprir as demandas sem gerar custos extras. Mas, por outro lado, uma gestão ruim pode gerar desperdício de dinheiro e insumos.

O ideal é que seu estoque seja o suficiente para cobrir os pedidos que você recebe, nem mais nem menos. Por isso, um software de gestão pode ser a solução que você precisa para planejar e evitar o desperdício.

Com a ajuda de um software você pode, por exemplo, controlar melhor a movimentação do estoque, podendo planejar a compra de insumos com base no período em que o consumo é maior. Isso evita o desperdício de recursos, aumenta a sua eficiência e gera economia. 

4. Otimize as rotas

Você já parou para pensar quais são as localidades mais frequentes nas quais você realiza entregas? Pois é, a resposta a essa pergunta pode leva-lo a fazer um planejamento mais eficiente para as suas rotas, evitando repetições e otimizando as entregas.

Procure descobrir quais são os destinos mais comuns das suas entregas e tente conciliar as datas de entrega por produto.

5. Trace metas de redução

Reduzir custos logísticos exige planejamento, investimento e, principalmente, metas e objetivos claros. Se você não tiver um horizonte a perseguir, dificilmente conseguirá êxito ao final do processo.

Verifique seus custos de logística atuais e estabeleça um número que seria ideal para perseguir como meta. Essa definição fará com que o trabalho da equipe seja mais focado e eficaz.

Adotando algumas dessas práticas, rapidamente você conseguirá êxito na redução de custos logísticos. Se quiser saber mais informações sobre este e outros assuntos relacionados, siga nosso perfil no Facebook!

rapidoo Como minimizar custos logísticos em 5 passos