Descubra 5 tipos de financiamento para empresas

Descubra 5 tipos de financiamento para empresas
5 (100%) 12 votes

Atualmente, existem vários tipos de financiamento para empresas disponíveis no mercado, e é de extrema importância analisá-los e identificar qual é a melhor opção para o seu negócio.

O financiamento pode ser utilizado para diversos fins, seja para abrir o próprio empreendimento, quitar dívidas, obter um bom capital de giro, realizar investimentos para expandir o negócio etc.

Mas, antes de fazer a sua escolha é importante levar em consideração alguns pontos importantes, como a funcionalidade de cada financiamento para não adquirir um aporte que terá dificuldades para quitar.

Para evitar esse tipo de situação, listamos os 5 principais tipos de financiamento para empresas e explicamos como cada um funciona. Vem conferir!

1. Empréstimos

Os empréstimos são considerados financiamentos de longo prazo, ou seja, a maturidade da dívida pode ser, facilmente, superior a um ano. Para obtê-lo, é preciso se dirigir a uma instituição financeira (banco ou casa de crédito) e verificar quais são as condições exigidas para conseguir esse financiamento.

Normalmente, os empréstimos a longo prazo apresentam taxas de juros maiores, pois quanto maior é o prazo de empréstimo, mais difícil se tornará para o credor prever as taxas de juros futuras.

Além disso, quanto maior é o prazo para pagamento, maiores são os riscos da instituição financeira não conseguir cobrar o empréstimo. Portanto, para que o credor diminua as suas chances de perdas, as taxas de juros costumam ser maiores.

É em razão desses fatores que o credor precisa fazer uma avaliação do risco operacional e financeiro do negócio, além de analisar o histórico de pagamento para então definir qual é a quantia que será liberada.

 

Você gostaria de gerenciar melhor os recebíveis da sua empresa?

Tenha melhor controle na gestão das suas contas à receber, saiba exatamente a data que seus clientes irão lhe pagar através do calendário de recebíveis. Utilize a antecipação de recebíveis para incrementar o fluxo de caixa da sua empresa.

Cadastro Gratuito

2. Leasing

Geralmente, o leasing é utilizado para financiar a aquisição de equipamentos, mobiliários para escritório, instalações para atividade empresarial etc.

A empresa locadora coloca o bem à disposição da empresa que contratou o leasing. Em troca, ela receberá um pagamento, o qual deve ser periódico e que inclui o valor da aquisição, acrescido de juros, impostos e comissões.

Os pagamentos podem ser efetuados de duas formas: mensal ou trimestral. Dessa forma, eles podem assumir diferentes tipos, tais como:

  • pagamento progressivo: no começo elas são menores e aumentam progressivamente ao final do contrato. Assim, se sua empresa não tem uma disponibilidade imediata de recursos, essa modalidade se torna bem atrativa para não comprometer o seu orçamento;
  • pagamento degressivo: no início do contrato os valores são maiores e vão diminuindo ao final;

É importante frisar que, enquanto durar o contrato, o locatário é quem deve assumir todos os encargos e riscos do bem que foi adquirido. Ao final, você tem a opção de comprar o bem pelo valor que foi estabelecido no momento da assinatura do contrato.

3. Investidor anjo

Além do investidor anjo aplicar o dinheiro na sua empresa, ele também contribuirá com o seu conhecimento para fazer o seu negócio crescer. Essa é umas das alternativas mais atrativas de conseguir crédito e, ao mesmo tempo, pode se tornar a mais difícil.

Isso porque você precisa convencer o investidor que o seu negócio é uma boa opção de investimento e que tem chances de expandir. Para isso é preciso apresentar todos os dados financeiros da empresa, para que ele possa compreender as vantagens e riscos do negócio.

A participação desse investidor nos lucros será inferior que a sua e ele o apoiará como um conselheiro, sem atuar como um executivo do negócio.

Porém, é importante você estar ciente de que o investidor fará cobranças quanto aos resultados que foram prometidos.

4. Crowdfunding

O Crowdfunding é modalidade de financiamento onde diversas pessoas conseguem investir pequenas quantias na sua empresa, normalmente, esses investimentos são feitos pela internet, com o objetivo de ajudar o seu negócio a crescer.

Para conseguir esse tipo de financiamento é muito simples. No Brasil, existem várias plataformas voltadas para o Crowdfunding. Ao acessá-las, é possível realizar o seu cadastro e fazer a solicitação para que o seu projeto seja divulgado.

Nessa análise prévia, serão levados em consideração a criatividade, os benefícios coletivos e as recompensas que serão oferecidas aos investidores.

Após a aprovação, o projeto é divulgado junto com o valor total solicitado e o prazo para execução.

Quando a quantia solicitada é alcançada, você recebe o dinheiro para desenvolver seu projeto e a plataforma recebe uma porcentagem dessa arrecadação, a qual pode variar entre 7% a 7,5%

Se acontecer do valor requerido não ser atingido, o dinheiro arrecadado é devolvido aos investidores e o seu projeto é encerrado.

5. Antecipação de recebíveis

Essa é a forma mais aconselhada de conseguir crédito, principalmente, se você precisa de dinheiro para o seu capital de giro.

Mas, é importante frisar que você também pode utilizar esse crédito para pagar seus funcionários, comprar matéria-prima, otimizar seu fluxo de caixa e pagar contas atrasadas.

Nessa operação, você recebe o valor dos seus créditos que receberia daqui a 30, 60 ou 90 dias. Os juros são relativamente baixos, se comparados às outras opções do mercado.

Dependendo da instituição financeira escolhida para realizar a antecipação de recebíveis, a burocracia para conseguir o crédito pode ser menor.

Antecipar seus recebíveis é uma maneira de garantir agilidade nas operações do seu negócio, pois com maior liquidez, você terá a oportunidade de negociar com seus fornecedores da melhor maneira possível, a fim de obter melhores condições.

O momento ideal para antecipar seus recebíveis é quando o seu fluxo de caixa está comprometido, ou seja, quando os seus compromissos começam a vencer antes de você receber o que foi vendido.

Como você pode observar, o mercado oferece vários tipos de financiamentos para empresa, você só precisa avaliar para onde o dinheiro será destinado para escolher a melhor opção para o seu negócio.

Para que a sua empresa possa ter um desenvolvimento sustentável é imprescindível que as suas finanças estejam em ordem, pois todos os departamentos dependem dela, por isso é preciso que o seu controle financeiro seja impecável.

É por meio dele que você conseguirá identificar quais são as falhas do seu negócio e quando será necessário recorrer a empréstimos ou qualquer outro tipo de financiamento. Mediante uma análise detalhada das suas finanças, você conseguirá identificar também quais são os valores dos financiamentos que a empresa pode arcar.

Depois de tanta informação ficou mais fácil decidir qual é o tipo de financiamento que a sua empresa precisa, certo? Então entre em contato com a nossa equipe e conheça as opções que temos para você!

rapidoo Descubra 5 tipos de financiamento para empresas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.