4 boas práticas de gestão financeira

4 boas práticas de gestão financeira
5 (100%) 14 votes

Administrar uma empresa é uma tarefa que exige muito cuidado, pois qualquer deslize pode pôr em xeque a sobrevivência do seu negócio. E, quando o assunto é dinheiro, as boas práticas de gestão financeira são muito bem-vindas.

O setor financeiro é base de qualquer negócio, pois todos os processos dependem dele. Se ele for ineficiente, você não vai conseguir arcar com os compromissos da empresa e, muito menos, realizar novos investimentos, os quais são essenciais para o bom desenvolvimento dela.

Com gestão financeira eficiente, você vai conseguir ter uma receita estável, organizar melhor todos os processos da sua empresa e, o melhor, fazer o seu negócio crescer.

Quer saber como melhorar as finanças do seu empreendimento? Então, continue lendo este post até o final e conheça as quatro boas práticas da gestão financeira.

1. Conte com a ajuda da tecnologia

Esqueça os controles manuais em planilhas de Excel. Procure ferramentas que auxiliem na gestão financeira da sua empresa.

O controle manual torna o processo mais lento. Se você precisar de um relatório, por exemplo, a análise dos dados pode levar horas ou até mesmo dias. Sem contar que você estará sujeito a erros de cálculos, dados etc.

Com a informatização dos dados, você estará mais seguro para tomar suas decisões, além de torná-las ainda mais assertivas, pois os dados serão precisos.

Outro benefício dessas ferramentas é que elas emitem alertas quando uma conta precisa ser paga. Assim, as suas dívidas não serão pagas com atraso e você evitará pagar juros.

2. Crie metas

Você já parou para pensar no quanto as metas podem influenciar nas boas práticas da gestão financeira? A definição de metas ajuda a empresa a evoluir financeiramente.

Por meio delas, você consegue ter foco e disciplina para realizar suas tarefas, e também vai conseguir priorizar aquilo que é mais importante.

Você pode criar metas para adquirir um carro para a empresa, aumentar o seu estoque, abrir uma filial etc. Elas podem ser de curto, médio e longo prazo, tudo conforme as suas prioridades.

3. Faça um bom controle do seu fluxo de caixa

O controle do fluxo de caixa é importante para verificar se o seu negócio está indo bem ou não. Além disso, ele serve para identificar os períodos de sazonalidade da empresa, auxiliando na criação de estratégias para que o empreendimento não sofra prejuízos em determinadas épocas do ano.

Por isso, é importante que você faça um bom controle do seu fluxo de caixa para ter mais liberdade de realizar novos investimentos e uma visão mais completa do comportamento do seu negócio.

4. Saiba definir o preço de venda do seu produto

Somente verificar o preço do concorrente para definir o preço de venda do seu produto não é uma boa ideia. A definição do preço vai muito além disso.

Analise os custos da mercadoria, ou seja, o valor que foi pago aos seus fornecedores, quanto a empresa vai gastar para conseguir vender o produto e, então, o lucro — retorno que você terá ao efetuar a venda. A soma desses itens vai definir a precificação ideal das suas mercadorias.

As boas práticas de gestão financeira precisam ser seguidas à risca, caso contrário o seu negócio pode sofrer perdas irreparáveis.

Com essa crise econômica que assola o nosso país, você não pode pôr o seu negócio em risco, portanto faça uma gestão financeira eficiente para que a sua empresa alcance o sucesso!

Se quer aprender mais sobre gestão empresarial, curta a nossa fan page no Facebook e siga-nos no LinkedIn, e então confira as nossas dicas diárias sobre os temas mais relevantes para o seu negócio!

rapidoo 4 boas práticas de gestão financeira